11/09/2022 às 17:15 Além de um clique

O invisível da fé pela fotografia

33
1min de leitura

Imerso nesse mundo onde realmente o essencial é para ser sentido e não necessariamente visualizado, como também gosto de inserir essa “técnica” no meu fotografar, me utilizei de “ferramentas” como luz, sombra, claro, escuro, energia e movimento na criação destas fotografias. Simbologias, no meu entender e preferência, interligadas com assuntos de fé e religiosidade. 

Com a câmera em “transe” inserida ao ritmo e ações do ritual religioso e seus devotos, além da proximidade, ângulos e composições ao “acaso”, consigo a possibilidade de quem vê, mesmo à distância e sem estar presente, se sentir presente neste rito de fé.

A seguir compartilho algumas fotos como resultado de como enxerguei e criei registros dos momentos que marcaram a cerimônia em relação aos festejos para a Nossa Senhora do Monte Serrat, Padroeira de Santos.

São dois momentos.

Dia 27 de agosto quando a imagem da santa desceu para carreata e também ficar alguns dias mais próxima de seus fiéis na Catedral.

Dia 08 de setembro, quando retornou retornar para a cidade alta, lá no Santuário do Monte Serrat, de onde ela vigia e espalha graças para esta abençoada cidade.


















11 Set 2022

O invisível da fé pela fotografia

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

Capela de Monte Serrat Cidade Alta cidade de Santos Cultura Religiosa Devoção Energia Fiéis fotografia luz Nossa Senhora do Monte Serrat Padroeira de Santos Religiosidade Santos Sentimento sombra

Quem viu também curtiu

26 de Set de 2017

Uma prosa, uma dica e belas imagens

19 de Ago de 2017

Ela é tudo e um pouco mais

22 de Mar de 2018

Rascunhando com a luz

Olá, em que podemos ajudar? Sinta-se a vontade em me chamar no Whats.
Logo do Whatsapp